segunda-feira, 10 de novembro de 2008

MAIS VALE UM GOSTO...

Se você estava em dúvida entre aplicar seu 13º num Fundo de ações (argh!) ou comprar o carro clássico dos seus sonhos, seus problemas terminaram. Nos EUA, um interessante comparativo entre o índice de inflação versus o índice de valorização dos carros antigos, mostrou o que os amantes do automobilismo vão adorar saber.
Para obtenção desses índices, foi feita a soma do aumento dos preços ao consumidor nos últimos três anos chegando-se a uma inflação de 10,09%. Para obtenção do índice de valorização dos carros colecionáveis, a revista Cars That Matter criou seis categorias de carros diferentes e atribuiu a cada categoria um índice obtido pela valorização desses carros nos últimos três anos. Após as comparações, a boa notícia: apenas uma categoria das seis criadas perdeu para a inflação.
Veja os números:
A categoria denominada “Smokey Burnout” que foi composta por muscle cars teve uma valorização de apenas 8% perdendo assim para a inflação;

A categoria denominada “Small Cap” composta por carros com preço considerados mais acessíveis tais como Porsche 914, Corvair Monza e Studebaker Avanti entre outros, teve uma valorização de 10% empatando com a inflação;

A categoria denominada “Atomic Jetfire” que foi composta por carros da indústria americana da década de 50 teve uma valorização de 19%;

A categoria denominada “Silver Arrow” que foi composta por 21 supervalorizados carros alemães tais como Porsche 356 e Mercedes Sl teve uma valorização de 34%;

A categoria denominada “Blue Chips” composta por carros como o Cobra 427 e Mercedes Gullwing entre outros, teve uma valorização de 72%;

E finalmente, a categoria denominada “Rosso Corsa” que foi composta por treze Ferraris com valor médio de venda de $1.900.000, teve uma valorização de 126% (!!!).
Sendo assim, não espere mais! Você já tem todos os motivos do mundo para comprar o seu tão sonhado carro clássico.
Boas compras!

8 comentários:

vitão disse...

Cuidado! os jeguinhos de Modena só tiveram essa valoraização porque houve uma enorme procura por sucata. Prefira as Lamborghinis, porque você ainda pode ganahr a vida como agricultor ! E o Miura foi eleito o carro mais bonito de todos os tempos .

Buonanno disse...

Eu lí a reportagem e decidi fazer o post, mas só no fim é que eu percebi que as amadas Ferraris foram as mais valorizadas.

Vitão, não adianta lutar contra. O adversário é muito forte. hehehehe.

Anônimo disse...

Buonanno
muito boa a reportagem! Mas, uma pergunta! Onde comprar carros antigos confiáveis?
ab
pacheco

Buonanno disse...

Lá nos EUA onde foi feita a reportagem há um mercado muito grande e honesto de carros antigos, inclusive com uma preocupação muito grande quanto a preço.

Na Europa, e eu acredito que na Inglaterra principalmente, o mercado é muito forte. As revistas sobre carros antigos de lá são de babar.

Obrigado pela pergunta e volte sempre!

RPM Carioca disse...

dizem que os japas estão adquirindo várias Ferraris, Porsche, Lambos e por aí vai...praticamente as grandes coleções de clássicos está mudando de mãos...para o lado asiático! A grana está por lá e os olhinhos puxados sabem o que querem...

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Cuore Sportivo disse...

Vou separar o 13o para uma rossa.

Vitão, contra números, não há argumentos.

Yatyr disse...

Muito interessante! Já achava que, além do prazer de ter uma dessas máquinas maravilhosas, o que não tem preço, havia também uma compensação financeira real. É um mercado que não tem bolhas... O baterista do Pink Floyd tem uma magnifica coleção de Cavalini Rampanti, com a qual ganha muito dinheiro, seja pela valorização, seja no aluguel das mesmas para participação em filmes e eventos. Isso é que é ganhar dinheiro!