quinta-feira, 4 de dezembro de 2008

MULHER OU CARRO ?

A campanha publicitária do Salão de Bolonha é marcada pelo bom humor. Aliás, não é de hoje. Quem não se lembra, na exposição de dois anos atrás, de uma Mona Lisa dentro de um carro conversível, com os cabelos ao vento? Impagável (veja aqui).Pois neste ano o cartaz oficial do salão brinca com a velha história de que algumas mulheres ficam bravas com seus namorados e maridos porque eles muitas vezes as trocam pelos carros. Pois bem, em Bolonha essa relação é levada às últimas conseqüências: um rapaz dorme, com cara de feliz da vida, abraçado a um motor. O texto convida a refletir: "Mulheres e motores?", para depois decidir: "Motores".
Os comparsas dizem motores, lógico, mas tem que ser de Lamborghini (mulheres, só não vão dizer o que colocamos nas cornetas de admissão!).
(reprodução - UOL)

4 comentários:

Buonanno disse...

Não conhecia essa da Monalisa. Muito boa!

Me lembrou da propaganda dos postos de gasolina que o velhinho lembrava de todos os carros e suas respectivas chapas que ele teve ao longo da vida, mas não lembrava do nome da velhinha sua esposa.

Buonanno disse...

Cuidado com motores Lamborghini. Custam caro ($80.000,00), vazam óleo que é uma grandeza, costumam "esquentar", e na hora do "vamo vê" não dão no couro, haja vista o fracasso na F1.

Mário César disse...

Sou mais um Hemi 426,como ronca e grita grande !!!!!!
Se acompanhado de de duas Holley 650 quadrijet,um escape Hooker,e "otras cositas más" ,aí sim,a brincadeira começa a ficar cada vez mais interessante...

Carlos disse...

Não dá pra ficar com as duas opções não?
Mesmo porque uma é complemento da outra...