terça-feira, 6 de janeiro de 2009

THE MAN HIMSELF

Muito diferente do que andam apregoando por aí certas vozes detratoras, Il Comendatore andava sim de Ferrari. Esta da foto, uma 250GT Berlinetta da década de 60, é descrita como "docile enough to drive in traffic, but fast enough to be in the winner´s circle after a race" sem falar o que é lindo esse modelo.
Está aí a foto que não nos deixa mentir...
(Reprodução Ferrari Buyer´s Guide)

7 comentários:

Carlos disse...

E ele nem precisava comprar um, pra poder pilotar...

M disse...

Grande coisa !
Era um carro da firma.
Assim, até eu...

Carlos disse...

Será que ele tinha crachá, M???

M disse...

Lógico !
Sem crachá não bota a mão.
Ordem do chefe !

Gilles 313 disse...

Do Comendador a unica coisa que se pode afirmar com certeza é de que tratava-se de um crápula.

Buonanno disse...

Na semana passada assisti um filme sobre ele, feito com a colaboração do filho bastardo Piero e do Luca di Montezemolo que, como é sabido por todos, manda mais que o Papa na Itália. É um filme de categoria B e que mostra como foi o começo da sua carreira. Mostra as suas duas mulheres e os filhos que nasceram praticamente na mesma época. Na verdade, eu diria que ele era um cara competitivo como todo empresário de sucesso deve ser, mas sofreu bastante com a morte de alguns pilotos. Com relação às duas mulheres, para italiano, principalmente os mais velhos, ter duas ou mais mulheres é motivo de orgulho até hoje. Coisas da raça...

Speed disse...

Crápula era um tal de Ferrucio que ousou desafiá-lo...