sexta-feira, 9 de janeiro de 2009

PRESENTINHO

A Citroën comemorará 90 anos com uma mudança (a confirmar): o logotipo aplicado nos carros.
O deux chevron foi mais suavizado e arredondado.
O carro que poderá receber o novo distintivo é o C3 Picasso.
Qual será a opinião de Monsieur Nat Rock?
(reprodução)

10 comentários:

Joel Marcos Cesetti disse...

Ficou mais atualizado na minha opinião.

abs

F250GTO disse...

Para falar a verdade sou totalmente contra a atualização de logotipos.
Acho que uma marca tem que ser para sempre.
Até hoje não me conformo com o que fizeram com o sorvete Kibon e com os chicletes Adams, entre outros.

regi nat rock disse...

Tem certas coisas em que deveria ser proibido mexer, alterar, e por aí vai.
Logomarca, depois que fica mundialmente conhecida, seja ela qual for, é uma dessas coisas.
Essa cambada de marketeiros, designers e afins, na falta de coisa melhor pra fazer, são especialistas em lançar moda. A necessidade de 'inovação' é tão non sense, que conseguem perder até a propria identidade duramente conquistada, mandando literalmente à merda, a "alma" do primeiro criador.
Algo assim como colocar o cavalinho rampante pra puxar carroça e o boi no matadouro (se bem que nesse caso, o boi vive permanentemente no curral anexo dos frigoríficos aguardando a sua vez, enquanto que, na estrebaria de Maranello, os bichinhos tem cada vez mais, alfafa da melhor qualidade.

F250GTO disse...

Onde eu assino Regi?

M disse...

Bote aí a minha assinatura tb !
E ainda um PS, dizendo que o tortinho ficou ridículo.
Combina bem com o abôrto do C3.

Conde disse...

Concordo com Monsieur Regi. Vale para qq marca .

Pé de Chumbo disse...

É isso aí.
Logo é como impressão digital, é para sempre.
É talvez a única coisa que nunca deve ser alterada, em qualquer produto.

Helio Herbert disse...

Esse emblema novo que é meio tortinho como disse o Comparça M foi para combinar com a fase atual da industria automobilistica,estão todos meio tortinhos...das pernas!

vitão disse...

Esse é a frescura suprema. Acontece que a Citroen quer ser da "moda" , então fica correndo atrás de atributos que movem a industria da moda , como o princípio do descartável. Isso é coida de mulherzinha que achou as limnhas do logo anterior muito retas, e quiseram algo mais "trendy" . Como a ignorância é mato, desconhecem a origem do logo. Detesto esse negócio de "modinha" .

vitão disse...
Este comentário foi removido pelo autor.