quarta-feira, 18 de fevereiro de 2009

AVE ENZO!

Nascido em 1898, comemora-se hoje o aniversário de Enzo Ferrari, responsável pela criação da marca mais conhecida, mais desejada e mais vitoriosa de todos os tempos.

Salute!





(Dica do F250GTO)

32 comentários:

Roberto Zullino disse...

Não acho a saudação latina AVE a mais adequada, coisa de soldado saudando César.

Eu usaria Laudate, mais elegante e título de uma obra de Mozart, Laudate Dominum. Facilmente encontrada no Youtube.

Fora que Ave todo mundo entende, se for usado Laudate, quem entrar no blog ficará humilhado pela erudição presente aqui.

Buonanno disse...

Que nada Zullino. Nóis é modestú.

Vai AVE mesmo que é o máximo que eu consegui. Ano que vem eu ponho Laudate. hehehehe

Primo disse...

Fez mais q uma marca, fez A MARCA !

M disse...

O MÍNIMO que estes adoradores e puxa-sacos das rossas deveriam fazer seria convidar a nós, pobres mortais, para bebemorar a data.
Não consigo "laudate ou avate" coisa nenhuma a sêco !

Roberto Zullino disse...

Pois é M, esse nossos adoradores de jegues são assim mesmo.
Na hora que tem que abrir as burras e nos puxar o saco para não contarmos a verdade, eles encontram escorpiões no bolso.

Buonanno disse...

Precisamos falar com Sahib. Afinal de contas o homem do dinheiro é ele.

Nós só trabalhamos. hahaha

Gilles disse...

Estou sentindo falta de um postsobreo assunto Ferrari hoje, será que não vai pingar nada ?

Esse aí pode até ter criado alguma coisa mas era uma grande crápula.

Buonanno disse...

Foi sem querer. Depois de eu ter postado o da miniatura, o 250GTO me deu a dica do aniversário.

E esse não podia ficar de fora, não é mesmo?

Helio Herbert disse...

Se depender do Sahib ele vai deixar para abrir o caixa só no aniversário do Ferdinand...
Buonanno e GTO juntem mais alguns
do Tean Jegue e convidem os Comparsas para um brinde,caso contrario o Comendador não ira perdoalos...

Roberto Zullino disse...

Prometemos retribuir na mesma moeda tão logo se descubra a data do aniversário do Professor Doktor Ingenieur Honoris Causa (Dr. h.c. Ing.) Ferdinand Porsche. Dizem as más línguas e as boas também que ele nasceu em 3 de setembro de 1875, mas precisamos investigar mais.
O professor nasceu na Tchecoeslováquia, mas foi antes que esse país existisse, o que aconteceu em 1918 e existem controvérsias e registros mal ajambrados como se poderia esperar, afinal, como iam saber? A Europa é uma bagunça mesmo.
Porsche nasceu em uma família de língua alemã na cidade de Maffersdorf (Vratislavice nad Nisou), região da Boêmia, Áustria-Hungria. Seu local de nascimento é hoje parte da cidade de Liberec, República Checa.
Fora que o nome da empresa que ele fundou é bem mais elegante: Dr. Ing. h.c. F. Porsche GmbH, Konstruktionen und Beratungen für Motoren und Fahrzeugbau, muito melhor que Auto Avio Construzione.
Embora nem tenha passado perto de uma faculdade de engenharia acabou recebendo o título de doutor engenheiro honoris causa por uma das mais importantes universidades da alemanha. Ele recebeu outro doutorado honorário da Universidade Técnica de Sttutgart por seu trabalho na Daimler, e posteriormente um título honorário de professor.
Em 1996, ele foi indicado para o "International Motorsports Hall of Fame", e em 1999 recebeu o título de "Engenheiro Automotivo do Século".
O Enzo era "comendatore", mas devia ser igual aos "coronéis de madame". Gostava de ser chamado de inginieri, mas nunca teve esse direito.

M disse...

A dica do GTO foi praticamente um convite !
Acho que devemos ir a casa dele derrubar algumas garrafas de Valpolicella.

Helio Herbert disse...

Aniversário do Comendador sem Valpolicella,como o M citou,será considerado uma heresia,se não for cumprido o pedido,vocês serão aguardados na porta do inferno(que também é Rosso)pelo Comendador e seu fiel cerberus...

911 Turbo disse...

Já estou aguardando onde será o rega-bofe.
Hoje de preferencia.

Roberto Zullino disse...

Também estou aguardando o convite, mas posso também tomar um Barolo numa boa.

Vou de spyder ou de moto e como pode chover não levarei carteira que não gosto de molhar dinheiro.

Buonanno disse...

Mandem depois a data de aniversário do Professor Doktor Ingenieur Honoris Causa (Dr. h.c. Ing.) Ferdinand Porsche para colocarmos na agenda dos Comparsas.

Ôôô Helio,

Se o Comendatore estivesse no inferno aquilo lá seria um paraíso.

M disse...

Sem dúvida ! TEM que ser hoje !
Para satisfazer a todos os paladares, além dos Valpolicella, o GTO oferecerá os Chiantti, os Verdicchio e os Barolo. Devidamente acompanhados por generosas porções de Pecorino e Prosciutto di Parma.

Helio Herbert disse...

Buonanno na realidade o inferno ao meu ver,deve ser realmente um paraíso,tem muita gente interessante lá,já o ceu ao contrário do que muitos pensam,é um local com muita gente,super povoado,todo mundo que morre quer ir para la,e já pensou passar o dia todo rezando,de branco tudo limpinho sem marca de graxa,sem oléo o derramado da sua Ferrari,
sem os amigos mais "peraltas",sei não,eu estou em dúvida para onde quero ir...Uma coisa é certa vou com meu X15 se for de Ferrari acho que quebra antes de chegar la...

Buonanno disse...

Pensando bem, acho que vou levar um Brunello de Montalcino que tenho aqui em casa. Afinal de contas, não é todo dia que é aniversário do Comendatore, não é mesmo?

vitão disse...

Tô "drento" . Informem bat-local e bat-hora !

Gilles disse...

Se for para encontrar os amigos tudo bem...agora comemoração de data natalícia desse decrépito nem pensar..

SAHIB disse...

É verdade que ele tinha um irmão, Alfredo Ferrari, mesmo nome do pai, que morreu aos 18 anos e esse foi o motivo dele dar esse o nome ao seu filho, "Dino" ?

Buonanno disse...

Não sei! Mas vou verificar. Tenho um livro dele.

Roberto Zullino disse...

O irmão morreu cedo e chamava Alfredo e o vecchio colocou o nome no filho chamando mais azar.
Está num filme mentiroso produzido pela Rai se não me engano. Uma história romanceada e pinta o vecchio como um santo.
Não mostra o episódio da mulher dele entrado na fábrica gritando "dove e il bastardino" querendo expulsar o Piero Ferrari, née Lardi.
Esse episódio gerou um carta capitaneada pelo Carlo Chitti reclamando da doida fazendo escândalo dentro da fábrica. O vecchio mandou todo mundo embora, do Carlo Chitti ao Phill Hill.

M disse...

Capo é assim mesmo: Contrata, despede e faz chover...

Roberto Zullino disse...

O grande senador mineiro Benedito Valadares tinha uma perfeita definição de governo. Ele foi aquele que mandou suprimir o último vagão do trem depois de ler a estatística que mostrava o maior número de mortes nesses últimos vagões.
Para o Benedito governo é quem nomeia, prende e demite, uma definição perfeita.
Ele também achava que reuinião só depois do assunto resolvido.
Um gênio mal entendido.
Pelo andar da carruagem ou o Comendatore manda o vinho ou nçao sai nada.

M disse...

Não era o Benedito Valadares que queria revogar a lei da gravidade ?

Xííí...Melhor esquecer ! Dessa turma não sai nem Q-suco com tremoço. É tudo mão-de-vaca !

Helio Herbert disse...

Você esta certo M deixaram o tio Mi sozinho nessa conversa,falou em pagar alguma coisa a turma do Jeguinho saiu para levar o bichinho para pastar...Sumiram...

Roberto Zullino disse...

Já estava fazendo boca para degustar um Brunello de Montalcino, mas deixa para lá, nem Tang sai dai.

O Benedito era prático, mandou investigar e descobriu que o tal Isaac Newton era o inventor da Lei da Gravidade, ou seja, devia ser ele que andava engravidando as moças mineiras.
Mandou prender, mas como acharam que o tal Isaac tinha fugido o problema foi esquecido e resolvido, mas mesmo sem o Isaac a fábrica de meninos continuou à toda até hoje.

Primo disse...

ok, FERRARI é FERRARI...pronto.
podem revogar o que quiser...

Anônimo disse...

Parabéns então ao Commendatore (verdadeiro).
Trabalhei para ele nos áureos tempos, quando ainda era pobre e áspero. Com o tempo, tornou-se rico - e áspero.
Escreveu aquele livro maledetto sobre pilotos, e me citou indevidamente. Tambem, como piloto era um excelente contrutor... A gente perdoa, que fazer?
"Leio mas não escrevo"
Tazio Nuvolari (verdadeiro)

F250GTO disse...

Bem, hoje de manhã saindo de casa me lembrei da data e liguei do carro para Buonanno colocar alguma coisa no Blog.
E só agora estou podendo postar, não sem antes brindar o nascimento do Zio Enzo, com dois copos de um Corvo Duca di Salaparuta que encontrei por aqui.
Acabei ficando de fora do ótimo papo, que rolou ao longo do dia.
O que eu gostei mais mesmo foi do post do Zullino.
Gastou 36 linhas para explicar que:
Os tedescos não sabem até agora o dia certo que "home" nasceu;
Que o "home" nasceu num País, que ainda não tinha sido "inventado";
Que o local do nascimento fica numa esquina da Austria com a Hungria que por sua vez desemboca numa rua que hoje é um pedaço da Republica Tcheca;
Que o Professor Doktor Ingenieur, nunca foi Professor, nem Doktor, muito menos Ingenieur;
Que para escrever o nome da empresa que ele fundou são precisas 4 linhas completas tecladas ou 6 colheres cheias de sopa de letrinhas; (como eu já tinha tomado umas, não consegui ler...)
Ou seja tudo que parece ser, não é.
Ainda bem que ele parou por aí...
Estava quase admitindo que o tal de Fusc...Porsche não é carro...
Salute Enzo FERRARI!

Roberto Zullino disse...

O professor não teve culpa de nascer em uma bagunça, o que valoriza muito mais suas façanhas.
Todos os títulos que ele obteve foram merecidos e são a prova do reconhecimento da sociedade à sua competência, coisa que nunca fizeram com o mafioso.
Como todos, ele teve uns pecadilhos, um deles foi copiar os planos do Heiz Ludvinka da Tatra para fazer o Fusca. E dizem que quem entregou os planos foi o Adolph himself, pois embora nunca tivesse aprendido a guiar era fanático por carros e amigo dos dois.
Mas a VW acertou no início dos anos 50 um indenizaçãozinha básica para o Ludvinka, outro tcheco por sinal.