quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

JUSTAMENTE O QUE O MUNDO PRECISA !


Parece que algumas fábricas simplesmente não conseguem descartar os seus projetos mais ambiciosos (para não dizer lunáticos mesmo). Duas empresas do grupo Porsche-VW apresentam modelos de elevada potência . A Bentley, em parte para acabar com a fama de poluidora, apresentará em Genebra, em março, a poderosa máquina Bentley Supersports, simplesmente o carro mais rápido já produzido pela marca. O coupe para dois lugares é equipado com motor 6.0 W12 de 621 cv de potência, o que permite que ele chegue aos 330 km/h de velocidade máxima e precise de apenas 3,7 segundos para ir de 0 a 100 km/h. E baixo indice de emissão de CO2, espera-se.
A grande novidade, é que o motor é o primeiro Bentley 'flexfuel', capaz de funcionar em bioetanol E85 ou gasolina ou uma combinação dos dois. A empresa se comprometeu a fazer toda a sua gama de motores flexfuel até 2012.
E embora não seja confirmado, a Bugatti deverá apresentar no Salão de Genebra uma versão especial do Veyron, chamada Centenaire, justamente para comemorar os 100 anos de existência da marca.
Apesar de ser baseado integralmente no Veyron, o Centenaire usará o mesmo motor W16 de 8 litros, só que com um upgrade, que elevou sua potência máxima para 1.350 cv, contra os 1.001 do Veyron normal.
O Centenaire poderá chegar aos 420 km/h de velocidade máxima, superando o Veyron que chega aos 407 km/h. Interessante é que, conforme testes realizados, a 300 km/h, o Veyron gasta 40% da sua energia para vencer o arrasto aerodinâmico causado pelo sistema de refrigeração, que é gigantesco, para dissipar o calor causado pelo enorme motor usado para vencer o arrasto aerodinâmico causado pelos enormes radiadores (são 11 no total), exigindo um enorme motor, etc...bom, vocês entenderam o espírito da coisa. Talvez houvesse um ganho real se o motor fosse convertido para uso de álcool puro, com redimensionamento da refrigeração (motores à àlcool geram 30% menos calor, possibilitando a redução dos radiadores, e reduzindo a área frontal).
Nossa, dá para ouvir os eco-chatos protestando desde aqui !
Você acha que esses super-carros estão condenados, ou voltarão quando a marolinha tiver passado ?
(reprodução- CAR Magazine)

13 comentários:

M disse...

Também vou encomendar um verdinho destes...

Helio Herbert disse...

Como todo Dream-Car,continuará sendo Dream...

jonny disse...

ou nigthmare!

Buonanno disse...

Depois que vi os preços dos barcos e iates grandes disponíveis no mercado, nenhum preço de carro me assusta mais. Se não estão sendo vendidos, é por uma época passageira e se continuam sendo lançados, é porque existe mercado, sim!

regi nat rock disse...

Ou ainda, um tremendo pesadelo.
Penso que, para cada HP adicionado, a quantidade de problemas cresce em progressão quase geométrica.
Só vale mesmo, para testar a criatividade dos engenheiros.
Faltou informar ONDE é que se poderá andar com esse foguete, e quantos km ele conseguira fazer com um tanque de combustível e quantos km os pneus aguentarão.

Como veem, só problemas. É ruim heim ?

vitão disse...

Li o teste do Veyron na C&D ,e o procedimento para atingir os 40o km/h é bizantino; primeiro você tem que ligar par afábrica e agendar a presencá de um engenheiro, que vai juntamente com um outro engenheiro da Michelin para certificar os pneus; se tudo estiver certo, o carro é perparado, com um programa que recolhe o aerofólio, e rebaixa a frente, e você tem 20 minutos para tentar, caso contrário o carro dá control-alt-del e você kaput, tem que pagar outra diária dos engenheiros.

Pé de Chumbo disse...

Quer dizer, Vitão, que o otário compra o carro, paga uma fortuna, e ainda tem que pagar uns tustas a mais pra poder ANDAR com ele?

Isso é mais sacanagem que o post dos "puliça", ali em baixo...

M disse...

Putz !
Quer dizer que toda vez que eu quiser ir rápido ao super-mercado, terei que seguir esta burrocracia ?
Tô fora ! Pode cancelar a minha encomenda da Bugatti.
Manda só o Bentley !
Mas não esqueça: VERDINHO !

Aun disse...

Até hoje não entendo a fixação de criar um super carro com números assustadores de cavalos. Qual é a sua finalidade? O que um Bugatti, um Ferrari ou um Lamborghini trouxe de novo para o desenvolvimento da auto-locomoção?

Se algúem puder me explicar agradeço.

A única coisa que vejo nestes carros é a cara de um, fucinho de outro, pneu de barril, motor V12 e que cabe male mal duas pessoas.

Anda mais do que pode, gasta mais do que deve. Um iate ainda é melhor...

Um Abraço,

Rafael Aun

PS: se souberem de qualquer um destes citados acima para venda em bom estado de conservação com 120.000 km rodados me avisem...

vitão disse...

M, se você morar no Lago Azul Golf Club em Sorocaba, e for fazer supermercado no Pão dE Açucar em Alphaville, precisa sim. Mas só se rodar acima de 320 KM/h, porque precisa de uma chave especial em poder da fábrica. Pelo menos os manobristas (ÔÔÔÔ raça) não vão poder detonar a bagaça, né !?

M disse...

Só 320 km/h ?
Assim devagar, o BigMac vai chegar frio em casa. Tô fora !

Pé de Chumbo disse...

Coloca um isopor no porta-luvas, M...
Eheheheheh....
Fazer o quê, né? Já que o carro não anda...

regi nat rock disse...

Disse-o bem Pé.

O "otário" comprador da josta.