quarta-feira, 25 de fevereiro de 2009

MITSUBISHI E BRASIL...MERCADÃO!

País terá boa parte da produção da marca japonesa transferida em 2009...

A fabricante japonesa de veículos Mitsubishi transferirá parte de sua produção ao Brasil para reduzir o impacto do fortalecimento do iene em seus custos de produção, segundo informou o jornal econômico "Nikkei".O objetivo da Mitsubishi é instalar no Brasil sua base de exportação para toda América Latina, principalmente pelo fato de as exportações brasileiras contarem com tarifas privilegiadas na região graças ao Mercosul e ao pacto comercial brasileiro com o México. A Mitsubishi planeja transferir no ano fiscal de 2009, que começa em abril, parte de sua produção nacional de veículos à fabricante MMC Automotores do Brasil, onde o Comparsa 911 Turbo poderá dar maiores informações sobre o assunto, localizada em São Paulo. A fabricante japonesa ainda vai decidir que modelos fabricará no Brasil. A comercialização do utilitário esportivo Pajero, ao lado da picape L 200, foram fatores determinantes para a decisão. Já que o Brasil está estrategicamente situado nas Américas e pulsa como um maiores mercados da marca. O Pajero é um dos mais cotados para ser o primeiro candidato. Só no em janeiro, a Mitsubishi vendeu 2.635 veículos - entre automóveis e comerciais leves, e boa parte referenciada ao Comparsa. A companhia planeja ainda aumentar sua produção no Brasil de maneira progressiva, até chegar aos 50 mil veículos anuais, empregando chassi, motores e outras autopeças fabricadas no Japão.

Nas competições de Rallye

Em janeiro deste ano, a maior vencedora do rallye Dacar anunciou que não vai mais participar de nenhuma competição de rali para cortar seus custos e tentar sobreviver à crise econômicaMitsubishi possui 12 títulos nas 30 edições do rali. E segundo comunicado da empresa..."A rápida deterioração da economia global fez com que se tornasse necessário para nossa empresa focar seus recursos de uma maneira mais restrita". Assim como grande parte das montadoras de automóveis, a Mitsubishi sofreu uma enorme queda em suas vendas nos últimos meses e espera completar o período 2008-2009 (de abril a março) com perdas estimadas em 500 milhões de euros, o que equivale a cerca de R$ 1,5 bilhão. É a primeira vez nos últimos três anos que a fábrica japonesa registra perda anual - a projeção inicial era de que a Mitsubishi fosse lucrar no período.

(Comparsa Hashi Sushi, colaborou Efe, diretamente de Tóquio/reprodução/UOL e Carplace)

7 comentários:

Gilles disse...

Suscinto !

M disse...

Tempos bicudos !
Cortaram até 50% a cota de clips do Eric...

jonny disse...

Por isso que ele reclamou tanto da conta dos choppis!!

Roberto Zullino disse...

Tempos bicudos mesmo. Não vai dar mais para por pneu faixa branca no azulão.

Cuore Sportivo disse...

Podiam fabricar o Lacer Evo por aqui...

911 Turbo disse...

Ces num tão intendendo....é ao contrário a coisa....é o Japão que pediu ajuda para nóis......

Roberto Zullino disse...

Entendemos sim, por isso já cortaram a tua cota de clips.

Cuidado com pedidos de ajuda de matrizes, geralmente é para fazer ovos com bacon e a filial entra com o bacon. Convenhamos, cortar um pedaço da bariga deve doer mais que botar um ovo.