domingo, 8 de março de 2009

AO MESTRE JOCA COM CARINHO...


Sou mais o Patrick Hernandez...

37 comentários:

Primo disse...

Don Buonanno, um travoltinha ?
Se esbaldava nas domingueiras?
Ah se os cuginos sabem disso...afeeee

Buonanno disse...

É porque o Joca só põe coisa brega, né? Jymbalaia, Manrrratan e o Vampeta tocando sax.

Então eu resolvi por um vídeo com algo mais chique para ver se ele se toca. hahahaha

M disse...

Primo,
Tio Buonanno ainda usa calça Calhambeque !

Mestre Joca disse...

Buonnano,

Se você acha que John Coltrane é Vampeta, Manhattan é brega e Jambalaya é coisa de "Ana Maria Brega", é assunto seu.
Gosto não se discute.
Mau gosto, lamenta-se.

Buonanno disse...

"Mestre" Joca como sempre estás certo, mas era brincadeira.

De qualquer maneira, peço desculpas pela brincadeira que você não entendeu.

jovino disse...

Huum!! Os comparsas do blog se revelando os gostos musicais. O Joaquim, já percebi que tem um gosto mais refinado, mas sonolento, mas só aquela Billy Holliday que ele colocou lá em seu blog com aquele nipe de matais, já valeu por todos os videos de música que vi aqui nos blogs de vocês.
O Buananno se revelando, mais para o lado Dancing, balanço e até o Saloma que era uma incógnita para mim, também mostrou um pouco da sua cara musical.
O Reginaldo, já pelo apelido, só pode gostar mesmo de rock, mas já vi ele falar aqui que gosta muito de Iro Maidem, o Primo, é bem eclético, mas também, mais para o lado do velho o bom rock and roll. E os outros, do que gostam!!! Será que tem alguém aí camuflado e gosta de Axé, Breganojo e Pagode e não tem cara de se revelar! Jovino

Buonanno disse...

Jovino, esse vídeo que eu coloquei do Patrick Hernandez (?) é uma das coisas mais bregas que eu já vi nos últimos tempos. As roupas, o jeito de dançar, eu achei muito engraçado e coloquei numa forma de brincar com o Joaquim. Infelizmente acho que ele se ofendeu, mas eu já pedi desculpas e espero que ele entenda que foi uma brincadeira.

Eu tenho muitos discos do Coltrane, Miles Davis, Thelonious Monk, Chet Baker, Oscar Peterson, Sonny Rollins, Stan Getz, David Brubeck, Errol Garner e outros. Por causa de meu pai gosto de ópera também. E tenho os mais populares também como Eric Clapton - meu guitarrista favorito - Diana Krall, BB King...enfim são, por baixo, uns 40 anos comprando disco. Meu filho tem um site onde ele analisa os discos de vinil de rock clássicos.

Meus únicos defeitos são ser tifoso da Ferrari, palmeirense e não gostar de pimenta e nem de drinks.

Roberto Zullino disse...

Gosto de tudo, mas axé, pagode, aquelas musicas de boliviano tocando gaita de bambú acho um horror.
Essa tal música eletrônica acho um saco.
Tangos, valsas de Strauss, óperas, rock classico, dance music, musica clássica e até algumas músicas sertanejas eu gosto, mas essas últimas não falo para ninguém.
Tudo depende do momento.
Também não gostei muito do Vampeta tocando Sax. Tem o Stan Getz?

jovino disse...

Buonanno. Eu já percebi mais ou menos os gostos musicais de vocês nos diversos videos que vocês colocaram, mas também, não vejo nada demais se alguém gostar deste ou daquele artista, o importante, é ser feliz. Quanto ao gosto por ópera, gosto muito de Benniamino Gigli, para mim, o maior tenor que já ouvi, e isto é um influência do meu pai que nos deixou esta semana.
Jovino

Buonanno disse...

Mas Mestre Zullino e agora?

Eu comprei para lhe presentear a série completa - 6 CDs - das músicas bolivianas com gaita de bambú, com destaque especial para aquela "El condor passa" em 6 versões diferentes de gaita.

O que farei com os cd's?
(Cuidado que a resposta pode magoar.)

Mestre Joca disse...

Meu caro Buonanno,

Este é o problema da internet,é muito impessoal.
Às vezes queremos ser irônicos, brincalhões e o tom sai ao contrário.
Não há por que você se desculpar por que não tomei como insulto.
Eu o conheço pessoalmente e sei do seu alto nível de educação e civilidade.
Também pretendia ser irônico no meu comentário mas, como vê, o tiro saiu pela culatra.Fui vítima do meu próprio veneno, apresento minhas desculpas públicas.
Portanto, esqueçamos os mal entendidos, mas vocês ainda terão que me aguentar muito com as minhas "breguices". ..hehehehehe...

Roberto Zullino disse...

Gigli, meu tinha todos os discos dele, tudo 78 de carnaúba, mas eu gostava de ouvir as músicas napolitanas com ele e não as óperas. Por exemplo, marechiare em napolitano e marechiaro em italiano. O dialeto não é fácil.
===============
Quanno spónta la luna a Marechiare
pure li pisce nce fanno a ll'ammore.
Se revòtano ll'onne de lu mare,
pe' la priézza cágnano culore.

Quanno sponta la luna a Marechiare!

A Marechiare ce sta na fenesta,
la passiona mia nce tuzzuléa.
Nu garofano addora 'int 'a na testa,
passa ll'acqua pe' sotto e murmuléa.

A Marechiare nce sta na fenesta!
Ah, ah, ah, ah, ah, ah,ah, ah
ah, ah, ah, ah, ah, ah, ah, ah
A Marechiare,
A Marechiare nce sta na fenesta!

Chi dice ca li stelle só lucente,
nun sape st'uocchie ca tu tiene 'nfronte!
Sti ddoje stelle li ssaccio i' sulamente,
dint' a lu core ne tengo li ppónte.

Chi dice ca li stelle só lucente!

Scétate, Carulí, ca ll'aria è doce.
Quanno maje tantu tiempo aggi' aspettato!
P'accumpagná li suone cu la voce,
stasera na chitarra aggi' purtato.

Scétate, Carulí, ca ll'aria è doce!
Ah, ah, ah, ah, ah, ah, ah, ah
ah, ah, ah, ah, ah, ah, ah, ah
Ascetate, ascetate, ca ll'aria è doce!

Buonanno disse...

Jovino não sabia. Meus sentimentos.

Eu entendo seu sofrimento porque quando perdi o meu foi uma dureza.

Mas com o passar do tempo a gente se conforma.

Roberto Zullino disse...

Pode mandar os CDs que comprei uma automática Glock que estou querendo testar e preciso de alvos.

Gosto do el Condor Passa e gosto da Vivam los Estudiantes cantada pela Mercedes Sosa, a autora Violetta Parra canta mal.

jovino disse...

Obrigado, Buannanno. Zullino, tenho alguns discos do Gigli, mas o que eu mais gosto e ouço desde criança é um vinil dele, uma raridade "canções famosas". Agora, ele foi um artista muito perseguido pelo Nazismo e fazia os seus shows escondido, marcava num lugar e cantava em outro.
Jovino

M disse...

Buonanno,
Pra variar, o Zullino tá te levando no bico ! Não entre na dele !
Ele gosta mesmo é de harpa paraguaya !
Dorme todas as noites ouvindo Recuerdos de Ipacaray !

Buonanno disse...

Joaquim fica o dito pelo não dito.

Eu sei que o seu único defeito é não gostar de Ferrari e esse é imperdoável. hahahaha

SALOMA disse...

Isso é uma qualidade...he...he...he..

Roberto Zullino disse...

Conforme falei, gosto de tudo, inclusive Recuerdos de Ipacaray e Índia, aquela da tua imagem que no tempo se vai.....Sou um romântico.

Jovino,
O Gigli era um tremendo cascateiro e era fascista, como todo mundo na bota na época.
Ele cunhou o temo L´Uommo é Mobile parafraseando a ópera La Donna é Mobile qual fiumma al vento.
Isso para explicar por que estava dando uma audição para os americanos em Roma. A audição estava marcada primeiro para os tedescos, mas aí Roma foi declarada aberta e os americanos entraram. Acho que com a ajuda do Roberto Roselini, hahahahah

Helio Herbert disse...

Jovino meus sentimentos pela perda do seu pai,todos nós passamos por esse momento dificil,eu também passei e já fazem 15 anos,é muito duro aceitar,mais a vida é assim,como o Buonanno disse com o tempo a gente supera,mas de vez em guando dá um aperto danado no coração.

Buonanno disse...

Com a formação da escuderia "Comparsas Weissach Motorsport Team Porsche" mais a 1200Racing Team, estou torcendo também pela Porsche, massssss só no Campeonato Paulista e no troféu de regularidade.

(e que os cugini não saibam)

E vou ver se troco os discos bolivianos por harpas paraguaias. O Zullino merece.

Buonanno disse...

Sim, porque se não fosse fascista era borrachada e óleo de rícino até se converter. O Mussolini era um tremendo de um FDP. O gozado é que a minha nonna dizia que ele tinha sido bom para os italianos. Meu pai ficava p... da vida com ela.

Roberto Zullino disse...

Obrigado Buonanno, mas eu sou moderno, não escuto CD que é tecnologia ultrapassada. Agora pego tudo no Itunes, Limewire e outros.

Acabei de assistir o Curioso Caso de Benjamin Button que abaixei da internet. Nem precisa mais de Torrent, vem tudo pelo Megaupload que é dez vezes mais rápido.

Jovino
Meus sentimentos, perder pai não é fácil.
Uma letrinha a mais para te alegrar embora fale de saudade. Achar a música é fácil ou voÇe mesmo pode cantar em napolitano:
============================
Vide 'o mare quant'è bello,
spira tanto sentimento,
comme tu, a chi tiene mente,
ca scetato 'o faje sunná.

Guarda quá' chisti ciardine,
siente sié' sti sciure 'arancio,
nu prufumo accussí fino
dint''o core se ne va.

E tu dici: "Parto, addio!"
T'alluntane da stu core.
Da la terra de ll'ammore,
tiene 'o core 'e nun turná?

Ma nun mme lassá,
nun darme stu turmiento.
Torna a Surriento!
Famme campá!

Vide 'o mare de Surriento
che tesoro tene 'nfunno.
Chi ha girato tutt''o munno,
nun ll'ha visto comm'a ccá!

Guarda attuorno a sti Ssirene,
ca te guardano 'ncantate
e te vònno tantu bene.
Te vulessero vasá.

E tu dici: "Parto, addio!"
T'alluntane da stu core.
Da la terra de ll'ammore,
tiene 'o core 'e nun turná?

Ma nun mme lassá,
nun darme stu turmiento.
Torna a Surriento!
Famme campá!

Roberto Zullino disse...

Óleo de rícino e maganello.

A única obra do Duce foi fazer os trens na Itália andarem no horário. Como minha família era anarquista nos livramos da adoração do anão.

Mestre Joca disse...

Jovino,

Meus pêsames, lamento saber sobre o seu pai..
Mas estou quase na mesma situação, Meu pai tem 95 anos e seu estado de saúde inspira muitos cuidados.
Fazer o quê, a vida continua...

Primo disse...

A vida tem dessas e não há por onde correr...
Meu caro Jovino, meus sentimentos pela perda irreparável e muita força para vc e os seus.
Mestre Joca, melhoras ao velho pai e força para vcs todos.

André Bonani disse...

Na minha opinião, o problema não é bom gosto ou mau gosto. O problema é o "pedantismo".
John Coltrane foi um gênio, e sua música é uma das melhores que já ouvi em minha vida. Mas o movimento da música disco dos anos 70 também tem sua relevância histórica e qualidade sonora.

E já que o paizão fez a propaganda, ai vai o endereço do blog: http://andreflaneur.blogspot.com/

Espero que os comparsas gostem. Além das resenhas dos discos, tem muita poesia e contos pequenos.

Abraços,
André Bonani

F250GTO disse...

Jovino, minhas condolencias a voce, seu irmão e a toda a familia.
Muita força nesta hora dificil.
Ao Mestre Joca, desejo melhoras para o seu pai e muita força tambem.

F250GTO disse...

E o Zullino hein gente?
Nos brindando com letras das bellas napolitanas Marechiare e Torna a Surriento!
Quem diria...
É uma pena que ele seja um traditore, um italiano de Pedro Juan Caballero...

Roberto Zullino disse...

Não sou tradittore, pois não tenho nada de italiano. Se tivesse poderia ser.
A família de meu avô é da Basilicata, mais precisamente de Venosa, Província de Potenza, hardly Italy.
A família de minha avó é de Monte Sano su la Marcellana, cerca Salerno, também hardly Italy, somos do Reino de Nápoles e das duas Sicílias.
Os chamados da baixa itália são ignorantes de história ao se considerarem italianos.
Até o risorgimento, 1860, a primeira cidade da chamada Itália era Nápolis e a segunda Palermo. Roma, Milão, Veneza e outras não significavam muito em termos econômicos.
Os pilantras do Piemonte junto com o Garibaldi unificaram a Itália em 1860 e destruiram o Sul da mesma.
Em 20 anos a miséria era tão grande que passaram a exportar gente, coisa que acontecia apenas no Norte. Podem reparar que quem veio para cá e para os USA foi depois de 1880. A maioria era do Sul que foi destruído.
Também veio gente do Veneto, mas aí é porque o Veneto era muito miserável, só comiam polenta, tanto que Veneto é conhecido como magna polenta, não manggia poleta, magna é dialeto Veneto.
Depois de destruirem o sul ainda o apelidaram de mezzogiorno e chamam seus habitantes de "terrones".
Até aquela merda de Scalla acabaram colocando como o melhor do mundo, quando quem entende de ópera sabe que o melhor teatro para a acústica de ópera é o de São Carlos em Nápoles que ninguem fala.
E sou besta de me considerar italiano?
Apenas tenho conhecimento da língua de dos costumes, mas é só. Por mim promovia uma guerra separatista tipo Bósnia-Herzegovínea naquela merda.
Temos o péssimo hábito de gostar de italianos e da Itália, uma ignorância total, eles nos detestam.
Isso é um erro causado por nossos antepassados. Vieram aqui expulsos e o sonho era comer. Acabaram ficando meio ricos, comeram o que puderam e para eles estava tudo bem. Eram felizes, alegres e nos passaram isso.
Lógico, com um horizonte baixo desses onde a comida é o que importa qualquer um é feliz.
Muito diferente dos italianos da Itãlia, uns chatos, metidos a besta e tratam mal os sud-americanni.
Nunca falo italiano na Itãlia, falo inglês e entendo tudo o que falam da gente, são uns embrulhões miseráveis, mas comigo sempre se ferraram, jamais deixei de arrumar uma encrenca lá.
Meu pai fez mais de 60 cartas de chamada para esses mortos de fome virem depois da guerra.
Os pilantras chegaram aqui e nunca nenhum foi agradecer, nem aos parentes que pediram ao meu pai esses caras agradeceram. Acharam que era obrigação dos mixos daqui.
Além do mais também tenho nacionalidade portuguesa e não preciso da merda da Itália para nada.

jovino disse...

Comparsas, obrigado pela força. Joaquim, o meu pai faleceu com 92 anos, muito bem vividos, e até a um ano, saía com a gente para tomar uns chopinhos, mas eu mesmo pedi a Deus que o levasse logo,pois estava sofrendo muito na UTI. Melhoras para o seu velho pai. Jovino

Buonanno disse...

Gosto de "Marechiare", mas "Torna a Surriento" é maravilhosa.

É a minha favorita.

PacMan disse...

Jovino,meus sentimentos;tambem perdí o meu há 2 anos,a gente fica meio "sem chão".
Zullino,alguns anos atrás cohecí um tal de Ramondo,quase 2 metros de altura,voz de trovão,absolutamente hilário em tudo o que fazia ou dizia,inclusive sobre a própria irmã,mais feia que bater em mãe.
Siciliano,vivia dizendo que era do norte;quando olhavam para ele com aquela cara de espanto( ele esperava esse momento),sabendo de sua origem,ele logo emendava: norte de Africa...
Gargalhada geral.
Belair

vitão disse...

Jovino, meus sentimentos. A viad continua e vale pelas recordações que temos. Muitas aceleradas e emborrachadas pra você.

jonny disse...

Buonanno, vc devia ter postado o melhor hit do cara: Born to be Alive.
Aí os comparsas iam sacar a calça Soft Machine, a camisa Fiorucci e o sapato bicolor com bico de matar barata em canto de parede.
e todos iriam pro Tamatete fazer um revival, hehehe

Buonanno disse...

Jonny que fique entre nós, mas tenho esse vinil até hoje. huahuahuahua.

A calça Fiorucci também tenho, mas não está me servindo mais. Acho que encolheu.

jovino disse...

Vitão, f250gto e pac man, obrigado pela força.
Jovino