quarta-feira, 25 de março de 2009

HOLOGRAFICAMENTE FALANDO



Bruce Branit foi co-criador daquele clássico da web, Flight405 (o da velhinha perseguida por um 747). Neste seu novo curta, mostra 1 homem que cria um mundo holográfico para a sua mulher doente. Foi 1 dia de gravação, mas sua pós-produção,2 anos. Postado no YouTube em fevereiro, já tem mais de 1 milhão de views. Dedique 9 minutos do seu dia para se emocionar um pouco com belos efeitos.

4 comentários:

Primo disse...

Quequeisso...
Mais que justificado os dois anos de pós produção !

Helio Herbert disse...

Quando James Bond falou pela primeira vez com o seu relógio de pulso também parecia algo impossivel...

regi nat rock disse...

Belíssimo!...

jonny disse...

Trata-se de mais um trabalho de Bruce Branit, artista digital, que já trabalhou em séries de tv tão variadas como o Star Trek ou Lost, ou em filmes como o King Kong, Sin City ou Ghost Rider. Isto para não mencionar outra obra como o Flight 405 curta metragem de 3 minutos de duração, que teve grande êxito em 2000.

Mas este World Builder é de fato extraordinário, pelos efeitos e pelo argumento em si. E é mais um curta premiado.

O interessante é o lirismo até que
infantil deste, em relação ao humor quase negro do filme do avião.

em suma: o cara é bom!