terça-feira, 4 de agosto de 2009

MANCADA ÁRABE....

De um e-mail, repassado pelo viperino Mr. M. Abre aspas:

"Este espetacular Airbus 340-600 novinho em folha, o maior avião de passageiros já construído, está estacionado às portas do hangar em Toulouse, França, sem uma horinha de vôo, zerinho bala! Chega a tripulação árabe da ADAT (Abu Dhabi Aircraft Technologies) para realizar testes preliminares de solo, tais como ligações dos motores, antes da entrega finalda aeronave à Etihad Airways, de Abu Dhabi. A tripulação da ADAT conduz o Airbus 340-600 pelo "taxiway" (pistas periféricas) até a zona de decolagem. Em seguida, elevaram TODOS OS QUATRO MOTORES À POTÊNCIA DE DECOLAGEM, com o avião praticamente vazio.

Sem terem lido direito os manuais de operação, não tem idéia exata do peso de um A340-600 vazio; ou seja é muiiiito leve!O alarme de decolagem disparou no cockpit devido a todos os quatro propulsores se encontrarem à potência máxima.






Os computadores do avião entenderam que a ordem era para decolar, mas as configurações necessárias (flaps, slats, etc...) não se encontravam feitas devidamente. Um dos tripulantes da ADAT decidiu desligar o "Sensor de Proximidade do Solo" para silenciar o alarme. Este procedimento "engana" o avião, levando-o a "entender" que está no ar.
Os computadores liberaram então todos os freios e dispararam o avião. A tripulação da ADAT não fazia a menor idéia de que tudo isso é um sistema de segurança para impedir que os pilotos aterrissem o avião com os freios em funcionamento. Nenhum único dos sete homens da tripulação árabe teve a inteligência de reverter a potência dos reatores da sua configuração máxima, e por iso a aeronave novinha em folha, no valor de 200 milhões de dólares, se chocou em cheio contra uma barreira de contenção, ficando destruída.

Desconhece-se a extensão dos ferimentos sofridos pela tripulação, devido ao blackout noticioso sobre o assunto, seja na França como em outros países. A cobertura midiática do caso foi considerada como insultuosa para os árabes muçulmanos. Somente agora as fotos começaram a ser divulgadas.
Um Airbus : 200 milhões de dólares. tripulação árabe sem treinamento adequado: salários de 300 mil dólares/ano. Manual de operações não lido: 300 dólares. Choque do Airbus contra o muro de contenção, com vitória do muro: não tem preço!
Comentário maldoso: por isso é que a Natureza lhes deu camelos..".
(fotos reprodução)

18 comentários:

F250GTO disse...

Conclusão: Não é só o brasileiro que não lê manual...

M disse...

Seja honesto !
Se vc fosse o piloto, teria a coragem de voltar prá casa depois de aprontar uma destas ????

Anônimo disse...

Outra lenda urbana...o aviao estava sob controle da Airbus, e foi um dos seus tecnicos que errou...a tripulacao da Etihad era so observadors...
http://www.snopes.com/photos/airplane/etihad.asp

M disse...

Acho que vc precisa melhorar o seu inglês...

Pé de Chumbo disse...

F250GTO, saiba que os pilts brasileiros são considerados entre os melhores do mundo...
E a gente lê manual, sim, e frequenta Ground School, sim senhor.
Mas, como disse o M, a pergunta seria:
-O que que eu vou dizer lá em casa?

Mestre Joca disse...

Pé de Chumbo,

Acho que o ideal era nem voltar para casa. Lá esses caras chicoteiam em público....

regi nat rock disse...

Lendo ou não manual, falando e 'lendo' ingles mediocremente ou otimamente; que 'K H DA' monumental.

M disse...

Por esta e pelos acontecimentos recentes com seus aviões, acho que a Airbus vai ter problemas com as Cias. de Seguros...

roberto zullino disse...

Fala sério, essa Airbus fica inventando um mone d softwares e no final as merdas dão "pobrema".

O pior é que fazem isso para poderem vender as jostas para inábeis, aumenta o mercado. Não é justo se colocar a culpa nos manicacas, o sistema é que não funcionou e o sistema foi feito pela "gente loirinha de zóio azur".

SALOMA disse...

Arrembentou Joca...

Tohmé disse...

JOca, camelo o caralho......a gente compra mais uns 10 desses. Só pra começar a brincar.

M disse...

Menas, Tohmé, menas...
As plantações de kibe da Arabia Maldita não aguentam mais estas mancadas...

De Gennaro Motors disse...

este avião é animal!!!!!!!!

F250GTO disse...

Pé, eu não disse que PILOTO brasileiro não lê manual.
Eu disse que BRASILEIRO em geral, não tem esse costume.
Ou, pelo menos temos essa fama.
Da qualidade dos pilotos brasileiros, ninguem tem duvidas.

Anônimo disse...

Srs;
Sem querer advogar pra ninguem,mas soltar um avião desse porte na mão de gente sem treinamento,e sem supervisão de alguem da parte do fabricante,não é khda dos árabes,e sim dos loirin dizoio azul.
E experimente andar na areia do deserto de avião em vez do camelo.
Na área militar,é sabido que os melhores pilotos da região (caças) são iranianos,israelenses e sauditas,não necessariamente nessa ordem.E o motivo disso nada tem a ver com inteligencia ou ciencias camelogicas; é só muito treinamento.Equipamento americano moderno,muito dinheiro e querosene a vontade.
P.S: o maior é o A380.O acidentado é de fato um 340 (da foto),mas não é o maior.

Irineu disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Irineu disse...

Avião na mão de piloto de zôio azul já é temerário, não importa se Boing ou Airbus. Na mão de árabe então...

Me admira muito os caras dos zôio junto e turbante terem acertado as torres gêmeas duas vezes no mesmo dia.

:)

P.S. Sou muito mais um Puma com motor fuçado e com freio meia-boca na freada do Lago 1 no molhado do que um Air-qualquer-merda na final de Congonhas com reverso pinado no molhado.

Cesar Costa disse...

Só um detalhe. O avião da primeira foto não tem as faixas vermelhas do avião acidentado. Não seria mais uma histórinha de Internet? Até porque, um acidente destes teria cobertura em todo o mundo.
Falando em aviões, alguém sabe que bicho é este:
http://www.fotolog.com.br/berlineta/47095738