quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

NUM RABO DE FOGUETE.

Início dos 70s, e Evel Knievel fazia escola. O então stunt-man de plantão da hora, Kenny Powers, resolve fazer uma gracinha pra se destacar ainda mais na fogueira de vaidades hollywoodiana:
-Por que a gente não faz uma rampa gigante de um milhão de dólares e coloca umas turbinas em um Lincoln Continental e atravessa a milha que separa o rio St. Lawrence entre o Canadá e o Estados Unidos, como um avião a jato? Hein? Hein?...tem tudo pra dar certo!!!
E deu. Quer dizer,...veja o video. Não precisa tirar as crianças da sala.


(fonte: Update or Die)

8 comentários:

Aroldo Lonskis disse...

Idéia de jerico é pouco para definir uma estupidez destas... coisa de jerk, como eles dizem lá...

RACER X disse...

Será que o personagem Austin Powers foi inspirado nele? huahuahua

Milton disse...

Diria Edgard Mello Filho:
"ANTA GORDA!"

Buonanno disse...

Mais bizarro impossível!

Belair disse...

Ainda bem que merda bóia né não...?

regi nat rock disse...

emocionante, glup!...

RACER X disse...

pelo menos o pior nao aconteceu, a nao ser o carro se esfarelando em pleno voo...absurdo!!

RACER X disse...

e anta sendo carregada por hospital ainda pergunta:
-DID I MAKE IT? DID I MAKE IT??

HUAUAUAU ...sem noção!