segunda-feira, 29 de março de 2010

NEM TUDO TÁ PERDIDO NA LOTUS...



Famosa no setor de preparação, a norte-americana Hennessey apresenta o seu super carro Venom GT, que pode ser definido como um Lotus Elise com motor Corvette ZR 1 - um chassi inglês com um V8 ianque, a mesma fórmula que já deu certo com o Shelby Cobra nos anos 80.
Com estrutura reforçada e carroceria mais larga e baixa, o Elise ganha condições de receber o V8 de 6.2 cilindros com compressor em diferentes graus de preparação. O básico tem potência de 725 cv e torque de 102,4 m.kgf, mas estão em desenvolvimento duas versões mais apimentadas com um par de turbos: uma com 1.000 cv e 124,4 m.kgf e outra com 1.200 cv e 152 m.kgf.

Toda essa fúria é despejada apenas nas rodas traseiras após passar pela caixa de 6 marchas. Como o peso permanece baixo apesar do grande motor (apenas 1.090 kg), espera-se 0 a 100 kh/h na faixa de 3 segundos mesmo com o motor de entrada.
A Hennessey anuncia o uso de freios de carbono-cerâmica e suspensão amplamente ajustável.

O preço do Venom deve ficar na faixa de US$ 600 mil nos EUA.

(reprodução)

5 comentários:

None Weasley disse...

'e uma estupidez absoluta, em forca e no idiota que sentar no banco do piloto.
Esse pessoal nao sabe mais o que inventar.
Pra que?
Qualquer carro de rua que esbarre nos 300 ja e um anacronismo pois nao ha onde andar.
Puro exibicionismo dos endinheirados.

M disse...

Pois eu já encomendei o meu ! Um verdinho.

Belair disse...

hEnnessey ?? veNom?

Primo disse...

Calma Belerzínia...calma...eu tinha tomado umas bobagenzinhas, mas vamos ´´cunsertá´´..

Belair disse...

Tá bom,tá bom;perdoado.Xibungo...!