segunda-feira, 26 de setembro de 2011

VOVÔ TÁ NUM ORGULHO SÓ....!!!


Aos 15 anos, Pietro Fittipaldi conquistou neste domingo o primeiro título de um latino-americano em categorias da Nascar. Neto de Emerson Fittipaldi, ele foi campeão da Limited Late Models, na Nascar Whelen All American.

Pietro chegou em oitavo lugar na prova disputada em Hickory, somando este resultado aos que já o colocavam na liderança do campeonato desde o início de agosto.

O jovem largou em terceiro e sofreu em uma corrida cheia de acidentes. Em um deles, a três voltas do fim, um rival tocou a traseira de Pietro, que continuou na pista e garantiu o título, 14 pontos à frente do vice-campeão. Tyler Church foi terceiro na prova.

O avô Emerson elogiou o desempenho de Pietro. “Estou muito orgulhoso do Pietro, não só por ser meu neto, mas por ele ter 15 anos de idade e ser o primeiro brasileiro a conquistar um título na Nascar, depois de uma temporada maravilhosa.”, declarou o bicampeão da Fórmula 1.

Pietro ficou na primeira posição, à frente de Tyler Church, Travis Byrd, Trevor Hignutt e Amber Colvin, respectivamente.

4 comentários:

Primo disse...

Sangue bom é isso...boa muleque !!!

jovino disse...

O muleque tem DNA mesmo. Agora, com 15 anos já pode correr? Lembro-me que o Nelsinho Piquet ficou treinando aqui no autódromo de Brasília e esperou completar 16 anos para poder começar a correr, o que ele fez no meio da temporada de formula 3. Me parece que os americamos não seguem muito as regras da FIA.
Jovino

regi nat rock disse...

POis é Jovino. Lá, é outro planeta. Quando usarem joystick no lugar de um volante, moleques/as de 5 anos, irão pra pista.
Mas que o guri herdou o DNA do avô, nem se discute. Pena que será mais um especialista em ovais...

Bianchini disse...

E os americanos sabem o que é a FIA? Tenho minhas dúvidas... de qualquer maneira, espero que consiga chegar à categoria principal daquí a uns 10 anos - isso, claro, se essa bagaça toda não explodir em 2012...