quinta-feira, 17 de novembro de 2011

O CARRO DO MEU PAI

Para pagar os estudos do seu filho, Herb Younger teve que forçosamente vender seu amado Impala 65. Vinte anos depois, conseguiram retribuí-lo. Fortes emoções...

4 comentários:

Belair disse...

It's not just a car: it's all the feelings and the memories that it brings all back...
E' o motivo pelo qual a maioria se torna antigomobilista.E'o pai,um tio,alguem a quem associamos um carro e as memorias que insistimos em reviver.
E' o eterno "replay" daquele prazer.
Esse filme me emocionou sim,por que tive o privilegio de poder curtir meus 55 e 56 com meu pai ainda vivo,ele que teve TODOS os Chevy,em sequencia,de 50 a 61,menos os 58 e 59,problematicos,segundo ele...

Cuore Sportivo disse...

Ducarai

v8andvintage disse...

Lindo, lindo, lindo...

regi nat rock disse...

que coisa indescritível.