quarta-feira, 10 de junho de 2009

MP LAFER - COMPARSA NA TELINHA

11 comentários:

regi nat rock disse...

Ficou bem legal a matéria.
Só deu D. Nardini.
FG nem sentou do lado esquerdo...
Huááááááááááá

Cuore Sportivo disse...

E ele entende do riscado.

Jovino disse...

Romeu, parabens pelo lindo MP. Já conhecia o carrinho só de fama através do seu amigo Barata que está morando aqui em Brasilia. Ele sempre me falou: "pô Jovino, você tem que conhecer o MP do Rooomeu", aliás, um cara muito querido por todos aqui da cidade envolvidos com antigomobilismo.
Sempre falei para o meu irmão Marcio que mora em Alphaville, pois lá é uma cidade, me parece, dormitório e não tem nada para se fazer para que ele comprasse um antigo e se envolvesse com gente do meio e ele agora acaba de comprar um Gurgel X12 de capota de lona e já está dando um trato na máquina.
Esta paixão por carros antigos e automobilismo unem um monte de apaixonados e é um meio muito saudável com gente de um certo nível e educados.
Jovino

Primo disse...

Finalmente o ´´Limite´´ decolou!
Dino, Pepe e Genarino estão felizes, e Don Nardini será recebido na Itália com honras !
Boa Romeu...

jonny disse...

Parabéns, EL Bigodon!
Juro que achava que atras ia o estepe e me surpeendi com o porta malas do little red...
O mais gozado é uma cena que vc está de passageiro e o carro andando sem ninguém dirigindo...como vcs fizeram isso?
Abraços!

PacMan disse...

Don Nardini,SUPERSTAR !!!
Romeu,como é que se mantém essa serenidade toda enquanto fala sobre uma paixão?
Parabéns,você é O CARA !

Anônimo disse...

Bela matéria, Romeu.
Voce só não disse como, quando e porque a SUA paixão pelo carro começou.
Aproveita e conta aí pra gente...
Claudio Ceregatti

jonny disse...

errata: aos 1:23 achei que o carro estava andando sozinho, mas era a visao do retrovisor da reportagem, huahuahauhau...

F250GTO disse...

Esses são os malefícios do alcool, caro Jonny.

F250GTO disse...

Caro Commendatore, vou satisfazer a sua curiosidade.
Como é do seu conhecimeto sou um ex comerciante de automóveis em atividade,
Mas nos meus tempos de lojista no ramo, detestava trabalhar com os ditos carros normais, os Gols, Voyages, Paratis, Monzas, etc.
E adorava mexer com as "encrencas, trolhas, ronhas, tranqueiras, etc" que eram os carros fora de série ou de linha, como os Pumas, Miuras, Adamos, Fenix (MB 280 SL réplica), Envemos (Super 90), Sta Matildes, MP Lafer, Mercedes antigas, (algumas velhas), etc.
Claro que isso gerava alguns conflitos com os outros sócios, etc.
E sempre que esses carros apareciam na loja, eu dava um jeito de andar com eles, ir para casa, etc.
E um dos que eu mais gostava era o MP, curtia aquele jeitão de anos 50, e o vento na cara proporcionado pela capota abaixada.
Em 1997, afundado por uma das inumeras crises que costumavam atingir o ramo, resolvi parar de brincar de vender carrinho como logista e me desliguei da sociedade.
Após me livrar de todas as "buchas" resultantes do afastamento da firma, decidi que ia comprar o carro que me satisfazia e me dava grande prazer de dirigir.
No dia 1º de Agosto de 98, depois de muito procurar, acabei encontrando o MP vermelho 77, no fundo de uma loja, na região do centro.
E me dei de presente de aniversario (20/08).
Depois de uma breve negociação, levei a bagaça pra casa e comecei a retirar dela todos os acessórios "de bom gosto" que o antigo propriOtário tinha feito o favor de acrescentar à jóia.
Usei o carro até 2001, quando fiz uma restauração completa, terminada em 2002.
Ajudei a formar o Clube MP Lafer Brasil, que ajudou a aprofundar os meus conhecimentos sobre a marca e está aí um pouco da história dessa paixão.

F250GTO disse...

Jovino, eu e seu irmão temos batido bons papos quando ele aparece em Interlagos.
Temos falado de voce e da necessidade da sua presença em algum dos próximos eventos.
Estamos aguardando.
Quanto ao Barata, ele é uma figurinha carimbada entre os Laferistas.
Tambem tem muita história no meio antigomobilista.