quarta-feira, 22 de julho de 2009

TWITTER OR NOT TWITTER, THAT'S THE QUESTION.

Por mais que o ator Kevin Spacey tentou convencer David Letterman em seu talk show no uso do Twitter (já que o apresentador não sabe nada sobre isso, achando inclusive que tem que pagar pra twittar) Spacey, que tem uma conta no serviço de microblogging, sacou seu Blackberry do bolso e resolveu ensinar a Letterman como é que a coisa funciona, postando um tweet em sua página durante a demonstração. Depois de todo o esforço, Letterman concluiu: “Sabe o que isso me parece? Uma tremenda perda de tempo!”


(fonte: BlueBus)

12 comentários:

Primo disse...

David, concordo plenamente com vc !!!

regi nat rock disse...

Devagarzinho, essas geringonças vão acostumando cada um aos novos tempos.
"1984" já chegou minha gente, e poucos se dão conta.
logo mais o peão vai pro banheiro e irá avisar antes e depois, informará qual o 'peso' do cheiro.
Será que só eu estou ficando paranóico?

Tamos 'fú'.

RACER X disse...

gostaria de saber a real utilidade de 6.500 seguidores do Kevin saberem que ele tá no Letterman...muuuuuuuuuuuuuuita falta do que fazer!

Andréa disse...

Not Twitter !!!!!

roger disse...

Acho que são opiniões...e 'divergentes'.
O Twitter é um formato de formadores de opinião turbinarem informações.
O Letterman é jurássico, não precisa disto, afinal ele tem uma orda de focas fazendo o trabalho dele.
Agora se ele tivesse menos de 40 anos ia ter que comer fumo.
Quem passou de uma idade xyz (e estiver com os cofres cheios) pode se dar o luxo de andar na velocidade que quiser...

RACER X disse...

ok, Roger...acho até que tem lá suas utilidades, como aquela mulher a semana passada que divulgou um assalto logo depois de ter enfrentado os ladrões (óbvio que ele não poderia twittar durante o assalto, hehehe).
Acho que serve pra informções de trânsito, tempo, falar com cliente, sei lá...
Mas o ideal mesmo ainda seria a telepatia, quando alcançarmos este estado alfa, aí sim, tudo ficará melhor.

Francisco J.Pellegrino disse...

Escravização cibernética...

Irineu disse...

Não vou negar que me pego às vezes imaginando a enorme funcionalidade da telepatia. Mas como minha mente é totalmente voltada para o mal, não gostaria de ser escaneado o tempo todo por qualquer um.

:)

Sobre o twitter, entrei para ver como funciona. Gente se espezinhando por conta de times de futebol, Nelsinho Piquet comentando sobre o pó de arroz novo, Rubens Barrichello twittando a cada troca de pés (esquerdo, direito, esquerdo, direito und so weiter)... Não ví nada de muito interessante.

Eu achava a mesma coisa do Orkut até que algumas ex-namoradas começaram a me "achar".

:)

P.S. O verificador anti spam sempre apresenta "palavras" exóticas. A de hoje é TRIMPA.

:)

roger disse...

-Concordo que não pode virar escravidão, porém tenho alguns sites/ou twitters interessantes, como bolsa, bolsa de agrinegócios, jornais especificos, sites europeus automobilisticos...e a velocidade de 'furos ' é enorme...o negócio é muito rápido!!!
O dos pilotos...acho que é xeretagem mesmo...eles querem se aproximar...etc etal...

M disse...

O Letterman tá certo !

Irineu disse...

Talk, its only talk
Arguments, agreements, advice, answers,
Articulate announcements
Its only talk

Talk, its only talk
Babble, burble, banter, bicker bicker bicker
Brouhaha, boulderdash, ballyhoo
Its only talk
Back talk

Talk talk talk, its only talk
Comments, cliches, commentary, controversy
Chatter, chit-chat, chit-chat, chit-chat,
Conversation, contradiction, criticism
Its only talk
Cheap talk

Talk, talk, its only talk
Debates, discussions
These are words with a d this time
Dialogue, dualogue, diatribe,
Dissention, declamation
Double talk, double talk

Talk, talk, its all talk
Too much talk
Small talk
Talk that trash
Expressions, editorials, expugnations, exclamations, enfadulations
Its all talk
Elephant talk, elephant talk, elephant talk

:)

Não resistí. Essa é Elephant Talk do King Crimson.

RACER X disse...

O Adrian Belew e o Robert Frip, do King Crimson sempre foram uns visionários de primeira!!